Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes



subscrever feeds



Amendoeiras

por Naçao Valente, em 21.12.11

 

Amendoeiras

 

Óleo s/tela

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27

Alentejo

por Naçao Valente, em 20.12.11

 

Título: Alentejo eterno

 

óleo sobre tela.

 

 

Neste Natal de crise aproveitando algum jeito (pouco) como autodidacta para "borrar" umas telas, resolvi  presentear amigos com algumas imagens de Portugal e que aqui as partilharei com todos os visitantes.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:51

Mais além

por Naçao Valente, em 25.10.11

 O que têm em comum Strauss II e Picasso? Para além de terem nascido no dia 25 de Outubro-1825 e 1876, têm em comum a genialidade que distingue os eleitos do cidadão comum. Têm em comum o facto de terem nascido com a capacidade de aceder aos mais elevados valores do espírito, expressos na arte de captar o que vive para lá dos limites do conhecimento comum. Por isso se projectam e vivem para além da mortalidade que caracteriza a humanidade, continuando presentes na nossa fugaz contemporaneidade e no devir que escapa às limitações da nossa mente. Na harmonia dos sons ou

 na conjugação das cores-tanto faz- dão sentido e grandeza aos quotidianos, ainda mais em tempos de baixo astral e mediocridade como os que estamos a viver. Congratule-se por continuaram connosco, esqueça a apagada e vil tristeza e acredite na sua mensagem: a felicidade não se encontra enredadada nas linhas de um cifrão.  

 

 
 
Les demoiselles, Pablo Picasso

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:44

Construtores

por Naçao Valente, em 29.01.11

Ficheiro:View from the Window at Le Gras, Joseph Nicéphore Niépce.jpg

Imagem da primeira fotografia permanente do mundo feita por Nicéphore Niépce, em 1825.

O processo ficou conhecido por daguerreotipia. 

 

 

Naquele tempo, século XVI, já se tinham feito algumas experiências, para captar imagens utilizando uma máquina. As imagens conseguidas eram muito rudimentares, mas o Homem sempre sentiu necessidade de aprisionar momentos da sua existência.

 

No século XVII, depois de milénios evolução e de aperfeiçoamento técnico, a arte de pintar tinha atingido as raias da perfeição. Os pincéis dos artistas funcionavam como a mais avançada objectiva. Com uma vantagem, a de transmitirem, alem da visão quase real da realidade, a sensibilidade do espírito que lhe dava corpo. Da galeria desses construtores do passado virtual faz parte  Diego Velasquez e que hoje 412 anos após a sua morte, continua tão jovem como as suas meninas.

 

[59890616.060403VelasquezLasMeninas]

 

 

 

Há um outro pintor, não  na arte de manusear pincéis e tintas numa tela, mas na de deixar a sua marca indelével na moldagem da realidade, na de colorir com os pincéis da sua abnegação o destino dos povos. Filho de um país dominado por colonizadores, dedicou a vida à sua libertação. Com imaginação, galvanizou as energias de um povo subjugado, para a luta contra os ocupantes. Sem disparar um tiro, com a força da desobediência civil, forçou a poderosa Inglaterra a devolver a autonomia aos indianos. Curiosamente, a vida do paladino do pacifismo acabaria de forma violenta, no dia 29 de Janeiro de 1948, às mãos de um fanático a quem devolveu a liberdade. Gandhi é um exemplo de entrega a causas, sem querer receber nada em troca. Um exemplo que deveria fazer parte da cartilha ética da política. Se assim fosse, o mundo seria melhor.

 

 

MG

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 14:48

Genialidade ou loucura?

por Naçao Valente, em 23.01.11

asdeespadas666.blogspot.com

 

Em 23 de Janeiro de 1989 Salvador Dali deixava de impregnar com as tintas da sua imaginação  as telas de pintura. Artista excêntrico e polémico projectou-se como figura pública não só através dos seus quadros, mas através das suas atitudes desalinhadas e provocatórias. É genericamente designado como um surrealista. No entanto na sua obra encontramos quadros inseridos noutras correntes estéticas como o realismo ou o cubismo, presente no quadro aqui postado. Integra-se na ténue fronteira que separa a genialidade da loucura.Imaginação , irreverência, técnica, eis Dali.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:44

A eternidade na arte

por Naçao Valente, em 19.01.11

Ficheiro:Paul Cézanne - Les Joueurs de cartes.jpgJogadores de cartas Cézanne

 

 

Os jogadores de cartas é um tema recorrente na pintura de Cézanne, pintor que nasceu em 18 de Janeiro de 1839.  Para além do estilo, das escolas, das técnicas  interessa-me  na arte pictórica a sua capacidade de me despertar sensações momentâneas, sem grandes elaborações  racionais.

 

Este quadro, sem  menosprezar a sua beleza estética transporta-me para vivências longínquas de um mundo  que ainda conheci . Esta cena, era comum na taberna da aldeia onde cresci.  Constituia um acto lúdico de fuga a um quotidiano duro e difícil.

 

A taberna, local proibido a mulheres e crianças, era onde o homem se reunia com os seus pares, longe da rotina familiar e se cimentava o espírito de agregação social. Ali entre uma partida de cartas e uma rodada de copos, realizava o seu ritual de diferenciação, no contexto de uma sociedade fortemente hierarquizada onde o papel masculino assumia  uma preponderância relevante. Ali se desenrolavam as conversas de homens, como noutros espaços se desenvolviam as das mulheres. E era na conjugação e intersecção destes espaços que se organizava o dia a dia destas comunidades quase desaparecidas. 

 

As comunidades de proximidade  estão a desaparecer, as tabernas em extinção, a estratificação social por idade e sexo a esbater-se, os rituais de convívio a cosmopolizar-se. Fica para memória futura a imagem de uma sociedade sem retorno, com os seus encantos e a suas misérias. E a recordação e imortalidade de um passado também nosso, devemo-lo à sensibilidade de muitos cézannes.

 

MG

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:06

Contemplação

por Naçao Valente, em 30.12.10

 

 

P1010044

 

Indiferente à crise, aos mercados, à wikileaks, esta é uma paisagem calma, tranquila que apela à contemplação mais serena e despreocupada da vida. A natureza alentejana captada em tela com tinta  a óleo. Para todos os visitantes e amigos, com votos de um bom ano 2011. MG 2010

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 20:45

O artista e o ditador

por Naçao Valente, em 20.11.10

A 20 de Abril de 1893 nasceu Joan Miró, pintor e escultor surrealista. No mesmo dia do ano 1889  nasce o ditador Adolf Hitler, fundador da Alemanha nazi , que envolveu a Europa e o mundo num dos períodos mais dramáticos da sua história. Enquanto Hitler deixava a sua marca numa pintura sangrenta, Miró, fugido dos horrores do nazismo pinta a série constelações, "onde projecta o poder criativo do cosmos contra as forças anónimas da corrupção política e social causadoras da fome e da guerra". Passados setenta anos, o nazismo é apenas uma lembrança do lado mais negro da natureza humana, mas a corrupção sem rosto continua no seu trono, explorando sem freio num reino de vale tudo. O poder financeiro, metamorfoseado de acordo com as circunstâncias, atravessa gerações, sistemas políticos e correntes estéticas.

A arte pictórica pode mudar técnicas e  estilos formais mas na sua essência permanece imutável  como expressão da criatividade positiva da mente. Hitler, morreu com a sua loucura, mas Miró, viverá para sempre, como símbolo de que no poder criativo está a  redenção da humanidade.

MG 

 

Constelações

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 22:44

Sonho irreal

por Naçao Valente, em 17.05.10

Estava eu metido nas minhas tamanquinhas quando  

Batem , batem, levemente

como quem chama por mim... (1) 

Fui abrir e: 

-Tanta honra...sou apenas um cidadão vulgar e desconhecido...não sou deputado,nem crítico, nem comentador ,nem fazedor de opinião pago ao minuto.. 

- As  honrarias são de quem as merece...não de quem as procura. 

-Mas,eu, senhor, que fiz para as merecer? 

- Apenas uma coisa: sensibilidade e bom-gosto . 

- Senhor, modéstia à parte, podeis escolher entre tantas "luminárias". Até pululam na blogosfera. 

 

- Não conheço tais modernices. Decidi que serás tu e espero que não me desiludas. Entra nesta nave do tempo e  vem comigo até à Renascença. Quero que vejas um tempo de entrega  a causas , a valores e que se expressa na procura da beleza, da perfeição. Onde, ainda, se cultiva o espirito e se valoriza a criatividade. Parti deste mundo,em 17 de Maio de 1510 , há meio século e que vejo  de continuação desse projecto generoso do humanismo..Quase nada!

 

Entro nessa nave de cores genuínas e explendorosas . Ao comando está, o meu estranho visitante, Botticelli. Juntos percorremos as ruas dessa Florença mítica. fervilhante de vida :Vejo, in loco, os modelos que serviram de inspiração ao artista, sinto a alegria estampada nos rostos abertos daquelas gentes. esqueço-me da avidez, da cobardia, da denúncia, da bufaria, da inquisição moderna... 

De repente, ouço um som estridente e metálico... acordo e estou, de novo, no mundo-cão...é  apenas um sonho, mas como diz o poeta(2) o"sonho comanda a vida". Esfumada a ilusão, na minha mente persistem algumas belas imagens. Aqui as deixo para quem tiver sensibilidade para as admirar e se não acredita em sonhos, esqueça. Foi apenas um momento de loucura.

 

1-Gil

2-Gedeão

MG

 

 

 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 21:37

Uma centelha de divindade

por Naçao Valente, em 10.05.10

A criação de Adão

Há 502 anos, mais precisamente, no dia 10 de Maio de 1508, Michelangelo Buonarroti "o divino", começou a pintar o tecto da Capela Sistina, a pedido do papa Júlio II. Nesta altura Miguel Ângelo era já um artista consagrado, embora se tivesse destacado principalmente na escultura e na arquitectura. A pedido do papa abandonou, ao que parece contrariado, a construção do seu túmulo . Abandonou e ainda bem, porque da sua inspiração e técnica nasceu uma obra prima da pintura universal e património de toda a humanidade.

 

Homem com fragilidades, virtudes e defeitos como todos os outros, conseguiu com o seu empenho e genialidade, com a sua grandeza libertar-se da lei da morte. Não precisou para ser visto de se por" em bicos de pés" da maledicência, da mesquinhez, da inveja, da intriga.  E por isso o seu nome ultrapassa fronteiras e está associado a pessoas anónimas, estabelecimentos de ensino, empresas e produtos comerciais de vários tipos, incluindo uma mão biónica. É nome de um vírus de computador, de um transatlântico, de um asteróide, de uma cratera no planeta Mercúrio e até de uma das Tartarugas Ninja. A sua figura foi retratada no filme "The Agony and the Ecstasy" com Charlton Heston.

MG

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:27




Comentários recentes



subscrever feeds