Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Comentários recentes



subscrever feeds



Paulo Rangel pessoa pouco recomendável, político sem escrúpulos e sem limites, abriu uma espécie de caixa de Pandora, no seu afã populista de conquistar votos a qualquer preço.

Desencantou esse crime de lesa pátria que é existirem neste Governo quatro ministros que têm relações familiares. Acontece que estes ministros já fazem parte do Governo desde que foi eleito. Mas porque raio o aludido deputado só agora se apercebeu? É simples: vão realizar-se eleições europeias em Maio.

Trazer este assunto à baila não passa de pura chicana política. Que acusação fazem aos referidos políticos, para além dos laços familiares? Nenhuma. São incompetentes? Não estão a cumprir bem as suas funções? Estão acusados de actos de corrupção? Nada disso consta das acusações que vêm da direita política. Portanto apenas chicana.

Mas as agências de comunicação da direita não ficam por aqui. Já vão nalgumas quarenta descobertas de relações familiares. Acontece que nenhuma delas se enquadra no âmbito do Governo. São pessoas que prestam serviço em Gabinetes de Apoio, e que são contratadas por escolha de confiança política. Um porque é primo de um deputado ou coisa parecida.Quando o ministro terminar a sua missão, serão com certeza substituídos por outros da confiança de outro ministro seja de que cor for.

Se se fizesse um historial de todos os Governos concluir-se-ia que é uma situação comum. Mas sobre o que é grave e lesivo para o país nem uma palavra.As relações perigosas entre o poder político e o poder económico no qual o PSD está envolvido, mas a memória é curta. O BPN, e a relação com Cavaco e com os seus homens, como Oliveira e Costa, e toda a "corja Cavaquista" que deu o golpe que custou milhões aos contribuintes portugueses. Essas é que as relações familiares mais perigosas.

A política suja para ganhar votos é uma prática nojenta. Procurar avaliar um governo não pelas suas políticas de recuperação económica do país, pela sua política social de recuperação de rendimentos e de criação de emprego, pela competência dos governantes, mas por haver num governo quatro ministros que são familiares, revela o total desnorte em que se encontra a direita dos interesses, e da entrega de empresas públicas fundamentais, ao privado.

A chicana política, infelizmente, faz parte da actuação de gente sem princípios e sem valores. E precisa de ser denunciada com veemência, porque no debate político não pode valer tudo.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 17:43




Comentários recentes



subscrever feeds