Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

É um dó  de alma ver o Presidente da maioria de direita, dito da República, a arrastar-se, perdido num labirinto que ele próprio inventou. Sem jeito nem capacidade para subtilezas depressa mostrou ao que ia. Correr com os socialistas e escancarar a porta ao partido da sua gente. Colocados no poder, em má hora, os homens do Presidente, arregaçaram as manguinhas e começaram as malfeitorias. Sentindo as costas quentes, isto é bem protegidas, começaram a vender o país a pataco. Sempre com o apoio do Presidente, de forma descarada e até ostensiva. Chegou ao ponto de o governo ter concluído os quatro anos de mandato e continuar em funções. Consta que o Presidente vai marcá-las lá para Outubro, porque não quer a campanha na praia. O que ele quer sei eu! É manter a sua gente a ganhar tempo. Se fosse possível nem as marcaria. Eternizava a mediocridade que apadrinha. Gostaria de certo de ser rei no reino de medíocres.