Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O velho Diário de Notícias

por Naçao Valente, em 06.07.18

A imprensa mudou o mundo. Paradoxalmente o mundo que ajudou a mudar foi o resposável pela sua perda de influência, no novo mundo da comunicação. O jornal em papel está hoje ultrapassado por outros meios mais apelativos. Ainda procura adaptar-se e resistir na área digital, como irá acontecer com o Diário de Notícias.

Este, pela sua idade, velho jornal viveu em três séculos e deixa um espólio de gande valia para a posteridade. Ouutros como o emblático Século ou os vespertinos Diário de Lisboa e Diário Popular, ou o assumidamente ideológico República, também já partiram. Sou ainda do tempo em que os títulos dos jornais, faziam parte do pregão dos ardinas ambulantes. queSou ainda do tempo, em que uma maioria da população letrada comprava, diariamente, o seu título preferido. Neste tempo, com menos analfabetismo, e por ironia, vão perdendo hábitos de leitura.

São cada vez menos os compradores de jornais. Hoje é vulgar quem ainda lê faze-lo nos cafés, onde a oferta é limitada a um ou dois títulos, geralmente tabloides. O futuro da imprensa escrita não é risonha. Vai sobrevivendo com muitas dificuldades. O velho DN, que em papel será semanário, não terá,também, vida fácil. Que tenha ainda vida longa, nesta sua nova fase, é o meu desejo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

publicado às 22:35





Comentários recentes