Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

29 Out, 2014

O não-governo

 O governo de Portugal faz lembrar o ministro da Comunicação do Iraque durante a invasão dos EUA. Com o regime derrotado teimava em mostrar que era vitorioso. Passos Coelho desempenha na perfeição esse papel. Terá noção do ridículo ou terá perdido a noção da realidade? Todos já perceberam que o seu governo é um náufrago à deriva procurando agarrar-se aos seus próprios destroços. Contudo, no seu reino de ilusão, lança reformas que não conseguiu fazer, promete mudanças que nunca quis executar, canta amanhãs de bem-estar que sempre ignorou. Incompetência, má fé, destruição, subserviência europeia é o seu legado. Arrogância ignara e convencimento ignorante eis a sua mensagem. Não percebeu que governando já não governa. Não entendeu que o país o rejeitou. Mais do que revolta e indignação merece pena. E se ainda se arrasta qual fantasma com grilhões nos pés, é  porque, em Belém, tem a bóia de salvação que o mantém à tona artificialmente. 

1 comentário

Comentar post