Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

1isthe1.blogspot.com

 

Ou tenho andado distraído ou os obcecados pelo FMI tem estado mais discretos. De facto, não os tenho visto nos órgãos de comunicação onde fazem o mal e caramunha, a dizer tão peremptoriamente, que o FMI já está em Badajoz à espera de visto para entrar.Não sei o que se passa! Será que perderam a fé no dito salvador da pátria e da dívida soberana? Ou será que foram ungidos com um pouco de lucidez e bom senso?

 

O que a realidade nos mostra, é que essa entidade tão adorado por alguns comentadores de tudo e mais umas botas, é mais demónio que santo. A não ser que alguém me explique, por que é que depois de se instalar na Grécia e na Irlanda com o seu rosário de penitências, a situação continua a agravar-se. E o raio dos juros que não descem? E o diabo dos mercados que não se acalmam? E as diabólicas agências de rantig com rabo de fora,  que só rolam num sentido: para baixo.

 

A máxima que se impõe é: Quem não tem dívidas que atire a primeira pedra. Esta história de nos distrair com a divida dos mais pobres, responsáveis sempre por todos os males da humanidade é a estratégia da aranha. vai-se isolando uma vitima, depois outra, depois outra...e depois quando não houver mais? O sistema capitalista de liberalismo selvagem, na sua ganância de tirar mais e mais, pode levar-nos para a autodestruição se ninguém o conseguir parar. 

 

Quando vejo os pequenos diabinhos caseiros a entrar neste perigoso jogo fico arrepiado. A Alemanha da senhora Merkel com a sua teimosia de dividir em vez de unir, de não querer criar mecanismos de regulação económica solidária, na cega ilusão de que está a defender os interesses germânicos, pode acabar por destruir o que levou décadas a ser feito. A sua política de entregar o comando ao diabo do poder financeiro, se não for alterada, acabará por destruir o euro e com ele o projecto europeu. Será uma via de terra queimada com efeitos inimagináveis.

 

A salvação da União Europeia e do seu sonho de sociedade avançada só será viável na unidade de todos os europeus sem distinção entre pequenos e grandes bons e maus da fita. Ainda tenho esperança que o bom senso se sobreponha ao mau gosto.

 

MG