Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul


 lábios de mosto
meu corpo lindo
meu fogo posto.
Eira de milho
luar de Agosto
quem faz um filho
fá-lo por gosto.

 

Ary escreveu, Simone popularizou nos anos setenta a Desfolhada. Quem faz um filho fá-lo por gosto é uma expressão dúbia: faz-se o filho porque se gosta de o ter ou faz-se pelo gosto de o fazer? Seja o que for, o certo é que uma vez feito num acto dual, a mãe assume um papel preponderante. Acolhe-e durante nove meses, sofre a dor de o parir e amamenta-o mais alguns. Pode haver pais incógnitos, mas muito dificilmente haverá  mães incógnitas. Todos somos filhos da mãe. Contudo e a acreditar na vox populi há também o filho da puta. Epiteto depreciativo a um dado fulano pelo seu carácter mas que remete para a condição de quem o pariu. Ou uma trabalhadora do sexo, profissão marginalizada ou alguém que deu umas facadinhas do matrimónio, comportamento muito criticado pela mentalidade social. Para mais quando assim é ainda suporta o título de filho de um cabrão. Não pode vir daí tal sacripanta.

 

O verdadeiro filho da puta não depende da mãe que o pôs no mundo. Quem é a mãe que, regra geral, não se esforça por dar bons princípios ao filho? Quem é a mãe independentemente da sua condição que não ama sempre o filho incondicionalmente?  Seja a mãe uma pura donzela ou uma  mulher considerada tecnicamente puta, não há confirmação científica de quem pariu o verdadeiro filho da puta. O verdadeiro filho da puta é um self made man.Faz-se a si próprio. Vive para enganar, explorar, espezinhar o outro. Está-se lixando para quem passa fome. Não tem problemas de consciência por que não tem consciência.

 

Tomemos alguns exemplos em português suave. Sem personalizar, quando um político nos diz com falinhas mansas, numa verborreia demagógica, o contrário do que está a fazer, que é comer-nos as papas na cabeça, há alguma dúvida de quem é o alarve? Não estamos perante um autêntico filho da puta? Sem fulanizar, se um detentor de cargo institucional, nos anda a mostrar a dentadura enquanto nos fode a vida, como verdadeiro gigolô, o que é? Se comentadores e certos bloguistas batem com a mão no peito, aqui d'el rei que as medidas de austeridade são do piorio mas não temos alternativa o que são? Tanto mais que geralmente a austeridade não bate à sua porta! Sem nomear, se um dado empresário diz "estamos endividados e falidos" enquanto coloca a sede das suas empresas fora do país, sonegando impostos ao Estado é filho de quem?

 

O problema é que o verdadeiro filho da puta usa auréola de cidadão impoluto.O problema é que debaixo da pele de cordeiro come as avozinhas, enganas as netas e vai fodendo o país. O problema é que há quem goste. Enquanto assim for não nos livramos do reino dos filhos da puta

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.