Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

"Crescei e multiplicai-vos" disse Deus, se a reprodução bíblica é exacta, depois de juntar o homem e a mulher. Não estão descritos mais pormenores, pelo que não ficou explícito se o acto sexual era limitado à procriação. Nem sequer nos "Mandamentos" há referência  ao exercício da sexualidade. Assim e com a informação disponível podemos concluir, que a prática do referido acto pertence ao livre arbítrio dos utilizadores e que é necessário praticá-lo. A gravidez é uma consequência e vem por acréscimo.

 

Em 1982, um deputado do CDS, João Morgado, mais papista que o Papa, fez durante o debate da despenalização da interrupção da gravidez, a seguinte afirmação: "o acto sexual existe para procriar".  Logo a deputada e excelsa poetisa Natália Correia lhe deu resposta adequada num poema que ficará como um clássico da poesia satírica. Para quem assistiu em directo a esta pérola "parlamentar" e para quem não a conhece aqui o reproduzo para recordação ou conhecimento. E presto modesta homenagem a essa grande mulher da cultura portuguesa.

 

Truca-truca

 


“Já que o coito - diz Morgado -

 tem como fim cristalino,

 preciso e imaculado

fazer menina ou menino;
e cada vez que o varão

 sexual petisco manduca,

 temos na procriação

prova de que houve truca-truca.
Sendo pai só de um rebento,

 lógica é a conclusão

de que o viril instrumento

 só usou - parca ração! -
Uma vez. E se a função

faz o órgão - diz o ditado -

consumada essa excepção,

ficou capado o Morgado.”
(Natália Correia - 3 de Abril de 1982)

 

PS

 

 

 Não leve a sério o Morgado!

Se o coito lhe dá prazer,

faça-o que não é pecado

e é isso que Deus quer.

Porque se não o quisesse,

para fazer a procriação

inventava outro sistema

que não a fornicação.

E no pestico sexual

a dama também manduca

porque o direito é igual

na arte do truca-truca.

Use pois o instrumento,

essa é a sua função

não seja como o Morgado

capado por devoção.

 

MG

 

 

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.