Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

imagem overmundo. com

 

De acordo MST temos um palhaço residente em Belém. Mas pelos vistos faltou acrescentar que esse é o palhaço-mor. Pelas últimas declarações de governantes temos é uma corte de palhaços. E se assim for já não temos um país, temos um circo. Como é possível isto acontecer a uma nação valente  e imortal? A chacota da Europa!

 

Vejamos: o ministro Gaspar afirma que a chuva deste inverno impediu o investimento na construção civil(sic). Só pode ser para rir. Portanto, palhaçada. O chefe(?) do governo diz que os professores deviam adiar os seus justos protestos para dia vinte e sete, dia da greve geral. Assim não se interrompiam exames e os professores satisfaziam a sua revolta. Brilhante! Riso garantido. A greve com data marcada pelo governo. Para não ser triste só dá para gargalhar. Palhaçada ao quadrado. E o sujeito da educação (?) que antes de o ser queria dinamitar o ministério, agora, que O é, quer dinamitar os professores. Genial! O que quer é acabar de vez com a educação. Não sei se ria, se chore com a rábula do palhaço triste.

 

Reflicto. Terei de mudar o nome deste blog? Se já não temos nação valente que sentido faz o título? Mas se o país está cativo de palhaços sem escola, nem tarimba que raio de circo é este este? Reflicto. Hesito. Com todo o respeito, não quero a hostilidade dos palhaços profissionais nem do espectáculo circense. Penso. Só me lembro de um título: saltimbancos. (sem lei) 

 

 

MG

 

PS: ou talvez, se estiver disponível, pensamentos indecentes. Tem mercado.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.