Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

"Despedir-se ou ser despedido não tem de ser um estigma tem de representar, também uma oportunidade  para mudar de vida. O programa de rescisões por mútuo acordo( com os funcionários públicos) deverá ser encarado como uma oportunidade e não como uma ameaça". Quem pronunciou estas palavras? Um empresário, um lunático, um ideólogo? Nenhum deles. Foi nem mais nem menos que o Primeiro-ministro Passos Coelho,respectivamente em Maio de 2012 e Março de 2013. Estas afirmações recorrentes, senão não fossem trágicas seriam certamente cómicas. Melhor, as palavras de Passos Coelho são, ao mesmo tempo, trágicas e cómicas. Considerar o desemprego, especialmente quando não há oferta de emprego, uma oportunidade, além de mostrar insensibilidade social é também um disparate.

 

Contrariando o ditado "bem prega frei Tomás..." porque não  se despede o Primeiro-ministro? Terá a sua oportunidade para mudar de vida e permitirá aos portugueses escolher de facto o seu caminho. Certamente que os dirigentes europeus, que serve com autêntico espírito e corpo de lacaio, não deixarão de lhe dar essa oportunidade.

 

MG

1 comentário

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.