Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

30 Nov, 2012

Ali Babá

 

Pedro passos Coelhos tem uma atracção pelo show business. Tudo leva a crer que gostaria de ter sido um artista da rádio da televisão e da cassete pirata, mas o melhor que conseguiu, na fase de homem da "night", foi casar com uma cantora de um grupo dos anos oitenta chamado Doce. Foi talvez inspirado na sua pessoa, que esse grupo fez a canção Ali Babá. Se assim foi fica-lhe a matar e é o prenúncio do que seria a sua incursão no mundo da política, anos mais tarde. Não conseguiu ser um cataclismo na música, mas conseguiu provocar um cataclismo no país. Aqui publico uma versão actualizada de Ali Babá. 

 

Ali Babaca

Mil e um golpe que traçamos juntos

Mil e uma petas que pregamos a muitos

Mil e uma fantasias

Tu sempre foste de aldrabices

Como estava o país tu já sabias

E foste um homem de vigarices

 

Com vocalizações bem estudadas

Foste impondo o teu catecismo

Da religião do despesismo

Mil e uma coisa bem pensadas

Tu foste o homem das golpadas

 

Alibabaca

Babaca doce

Ali babaca

Babaca trouxe

Ali babaca

Babaca come

Ali Babaca  

Babaca fome

 

Ali Babaca

Há mais de um ano que nos estrafegas

Sempre a exigir mais mil entregas

Sem regras

Ultrapassates todas as loucuras

Hipotecastes verbas futuras

Tu és o homem das velhas trevas

 

Falhaste na área das cantorias

Mas na politica sempre subias

Com muita manha

Com cara de pau e muito cinismo

Levas o país para o abismo

Tu és o homem  da Alemanha

 

Abre-te sésamo

Derrama tino

Abre-te sésamo

Fecha o cretino

Abre-te sésamo

Muda o destino

 

E se alguém quiser rever a versão original aqui fica o link:

 

http://letras.mus.br/doce/947524/#selecoes/947523/

 

 

1 comentário

Comentar post