Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

Nação valente, ao sul

Odeleite Cabeça do dragão azul

 As coisas são o que são e por mais que se queira fazê-las parecer diferentes, não deixam de ser o que são. Tenho lido coisas do arco da velha, na blogosfera chic.Tenho visto torcer e distorcer a liberdade para servir interesses partidários ou ideológicos. Cheguei a convencer-me que toda a gente, a propósito de qualquer coisa, pode criticar o "déspota" Sócrates e que este tem que estar permanentemente calado, porque tudo o que diz , mesmo em privado, é crime de lesa pátria. Parece que a reforma dos bufos foi pura ilusão. Afinal quem nos quer pôr a mordaça.?

A imparcialidade não é um atributo da raça humana, mas querer fazer passar a nossa verdade como a única verdadeira, faz-me lembrar tempos que deviam viver apenas nos compêndios da História. Atravessei o Salazarismo como contestatário. combati o Marcelismo, exultei com o 25 de Abril, ajudei a combater a deriva aventureirista em 75. Nunca assisti a tanto deboche , a tanta calhandrice, a tanta devassa, a tanta falta de vergonha, a tanto vale tudo.
Nos tempos que correm acho conveniente fazer uma Declaração de Interesses:
Não sou membro do Governo,
nunca recebi qualquer favor do Estado,
Não fiz carreira debaixo do chapéu de nenhum Partido,
Nunca votei em Sócrates para Secretário Geral do PS,
Ninguém me paga para escrever.
MG