Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Comentários recentes

  • Ametista

    Escapou-me dizer o quanto gostei do poema. Ternure...

  • Ametista

    Também tive muito gosto em visitá-lo... mas sabe q...

  • Naçao Valente

    Muito Obrigado. Desejo-lhe, em dobro, triplo...tud...

  • Ametista

    Passei para lhe deixar um abraço e o desejo de um ...

  • Partebilhas

    Gostei deste seu texto.Muito bem observado. Na rea...





Fim de citação

por Naçao Valente, em 27.11.15

Da cabeça do homem criado em Boliqueime nunca me pareceu que brotassem grandes ideias. A cartilha que debita foi-lhe enxertada por pensadores da escola da economia do deve e haver. Por causa de um carro que precisava de fazer a rodagem caiu-nos no prato da sopa à cerca de quarenta anos. Com alguma chico espertice foi ganhando protagonismo e iludindo a ingenuidade dos eleitores.

A idade foi-lhe generosa em hipocrisia e madrasta em sabedoria. Disse que tinha todos os cenários governativos na cabeça, excepto o que teve que aceitar. Finalmente, admitiu a sua limitação e no discurso de tomada de posse do governo de esquerda, fez uma colagem de opiniões que suportam o seu comportamento. Ressalve-se uma ideia própria, uma verdade lapalissiana: com excepção da dissolução do parlamento, o Presidente mantém todos os poderes. Fim de citação.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:16





Comentários recentes

  • Ametista

    Escapou-me dizer o quanto gostei do poema. Ternure...

  • Ametista

    Também tive muito gosto em visitá-lo... mas sabe q...

  • Naçao Valente

    Muito Obrigado. Desejo-lhe, em dobro, triplo...tud...

  • Ametista

    Passei para lhe deixar um abraço e o desejo de um ...

  • Partebilhas

    Gostei deste seu texto.Muito bem observado. Na rea...